sábado, 26 de outubro de 2013

MESTRA SEVERINA LOPES É PREMIADA PELO MINISTÉRIO DA CULTURA

Mestra Severina em homenagem prestada pelo COCAR



Dona Severina Lopes, líder do Samba de Coco das Irmãs Lopes, foi uma das contempladas com o Prêmio Culturas Populares – Edição 2013. Essa notícia é de grande importância para a Cultura de Arcoverde, que tem uma de suas figuras mais representativas reconhecida em concurso de âmbito nacional.

O Prêmio Culturas Populares foi instituído pela Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural (SID/MinC) no ano de 2007, como forma de reconhecer a atuação exemplar de Mestres e de Grupos/Comunidades praticantes de expressões das culturas populares brasileiras, fortalecendo as expressões ao mesmo tempo em que identifica, valoriza e dá visibilidade às atividades culturais protagonizadas por Mestres e Grupos/Comunidades com ênfases na estratégia de preservação de suas identidades culturais.

O Prêmio já teve quatro edições, e nesta distribuiu o montante de R$ 5 milhões a 170 mestres, 170 grupos e a outras dez mestres in Memorian. Cada um dos selecionados vai receber R$ 10 mil como uma forma de reconhecimento da sua contribuição à cultura brasileira.

A artista de Arcoverde, única contemplada no Sertão de Pernambuco, tem como peculiaridade ser descendente da família que foi responsável pela introdução do Samba de Coco na cidade e pela sua difusão por todo o Estado. A "Dinastia dos Lopes" teve como maior expoente Ivo, irmão de Dona Severina, personagem que foi o maior incentivador da tradição do Samba de Coco na Terra do Cardeal. Ivo Lopes foi o organizador da antológica Caravana, que, nos anos 60 e 70 do século passado, destacou-se como relevante força da cultural regional.

Certamente vitória de Dona Severina Lopes no Prêmio Culturas Populares, que contempla uma vasta gama de personalidades e grupos da cultura nacional, representa motivo de grande orgulho para todos os arcoverdenses, sendo um reconhecimento de que a Mestra é descendente dos que aqui chegaram com o Samba de Coco e que tem atuado com grande esforço para manter essa herança cultural.

foto: Amannda Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário