teste

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

PABLO PATRIOTA CONVIDA JUNIO BARRETO E BANDAVOOU


COCAR PARTICIPA DA FEIRA DE LIVROS DOS SERTÕES


De 8 a 10 de novembro será realizada em Arcoverde a II Feira de Livro e Conhecimento dos Sertões, promovida pela Livraria Lira Cultural. O evento, que ocorrrerá na Praça da Bandeira, contempla lançamentos literários, palestras, oficinas e apresentações artísticas.

O COCAR participará da Feira com lançamento de quatro folhetos de cordel e a realização de um momento de declamação. O arcoverdense Cabo Gallindo, que também esteve na I Feira,  apresentará os cordéis CEM ANOS DE LUIZ GONZAGA e NOSSA SENHORA. Já o funcionário aposentado da Rede Ferroviária, José Francisco Filho, Seu Zezé, do Distrito de Henrique Dias, Sertânia (PE), lançará ZEZÉ NA REDE e TOADA PARA TIÃO CAPUCHO.

Esses cordéis fazem parte do projeto NAS ASAS DO CORDEL, realizado pelo COCAR, o qual tem por objetivo a divulgação dessa manifestação artística na Cidade de Arcoverde e na Região do Moxotó.

O recital ficará por conta de Edilza Vasconcelos, Jaelson Gomes e do excelente grupo Contadores de Historias, que também fará números musicais.

O Momento dedicado à literatura de cordel iniciará às 18h e na sequência haverá o lançamento do Livro OS DE CÁ, COM OS DE LÁ do Poeta Jorge Filó.


terça-feira, 30 de outubro de 2012

JOSIAS LIMA E NOÉ LIRA NA MOSTRA DE MÚSICA LEÃO DO NORTE

Quinta-feira, 01/11, sobem ao palco do Teatro Geraldo Barros (SESC - Arcoverde) os músicos Josias Lima e Noé Lira. As apresentações iniciam às 20h, com entrada franca, e integram a Mostra Musical Leão do Norte, promovida pelo SESC. O projeto tem como fim destacar artistas da Região que possuam trabalho autoral. A iniciativa tem oferecido ao público música de qualidade, que normalmente não toca nas rádios.

Maestro Josias Lima (acervo do COCAR)
 
Josias, com quase cinquenta anos de atividade, tem uma vasta produção na músca instrumental e recentemente lançou o trabalho VIVENDO E ACHANDO BOM, CD realizado pelo COCAR - Coletivo Cultural de Arcoverde.

Noé Lira (foto Blog Falando Francamente)

Noé Lira, embora muito conhecido do público de Arcoverde, pelas apresentações em festas e na noite, não tem a devida divulgação do seu trabalho autoral, que passeia pelo cancioneiro regional (forrós, cocos, cirandas), mas que também sofre considerável influência da chamada MPB.

SERVIÇO

Mostra de Música Leão do Norte - Josias Lima e Noé Lira
01 de novembro de 2012 (quinta-feira), às 20h
Teatro Geraldo Barros - SESC Arcoverde
Entrada franca


TROPA DO BALACOBACO FAZ APRESENTAÇÃO NO TEATRO DO SESC


Dias 03 e 04 de novembro às 20h

Teatro Geraldo Barros - SESC - Arcoverde

Ingressos: R$ 3,00 (estudantes, comerciários e dependentes)/ R$ 6,00 (demais usuários)


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

ARCOVERDE RECEBE MOSTRA DE CINEMA


Entre os dias 23 e 27 de outubro, Arcoverde recebe o 1º Cine Mostra Diversidade, com a promoção de debates, palestras e exibição de filmes em escolas, no SESC local e na Estação da Cultura. A abertura acontece neste dia 23, às 19h, no teatro Geraldo Barros SESC com o vídeo Dança Suspiro – Cia Etc. Nesta mesma noite serão exibidos os filmes “Não Gosto dos Meninos” e “Vida Maria”. Ao final será apresentada uma esquete teatral e uma performance de dança.

Na quarta-feira (24), os mesmos filmes serão apresentados nas escolas Antonio Japiassu (10h), Monsenhor José Kherle (15h) e Carlos Rios (19h). na quinta as películas seguem para a escola Senador Vitorino Freire (10h), Funase (15h) e as 19h na Estação da Cultura tem a exibição do longa “A Ginasta”. Na sexta, os filmes seguem para o Erema (15h) e escola Edson Regis (19h).

O encerramento do 1º Cine Mostra Diversidade acontece no sábado, às 19h, na Estação da Cultura e vai contar com Mostra de resultado com painel fotográfico e exibição dos filmes: “O Delicado” de Nelson Rodrigues, “Não Quero Voltar Sozinho”, “O Sapato de Aristeu” e apresentação do grupo cultural Nacauã.

O evento é uma realização do Instituto das Artes e Desenvolvimento Humano - IADHUM, cujo projeto foi contemplado em edital da Funarte.

sábado, 6 de outubro de 2012

JORNADA LITERÁRIA PORTAL DO SERTÃO 2012 INICIA NA QUARTA FEIRA


De 10 a 21 de outubro o SESC realiza a Jornada Literária Portal do Sertão. Trata-se de evento que reúne mais de 100 escritores, críticos e especialistas em literatura pernambucana. Oficinas, conversas, rodas de leitura e recitais serão oferecidos ao público das cidades de Arcoverde, Buíque, Pesqueira, Sertânia e Tupanatinga, bem como dos distritos de Caraíbas, Carneiro, São Domingos, Cruzeiro do Nordeste e Mimoso.

Dentre os escritores convidados estão Jomard Muniz de Brito, Carlos Alberto Cavalcanti, Wilson Freire, Marcelino Freire, Cida Pedrosa, Luzilá Gonçalves, Lirinha, Fabrício Carpinejar e Micheliny Verunschk.

Sendo o maior evento literário da região, a Jornada, além de atuar no processo de formação de leitores, estimula o surgimento de novos escritores e promove uma aproximação entre público e produção literária do Estado.

Nomes relevantes da literatura pernambucana serão homenageados, sendo que cada uma das cidades envolvidas terá o seu personagem. Em Buíque, Graciliano Ramos; em Tupanatinga, Lenice Gomes; em Sertânia, Waldemar Cordeiro; em Pesqueira, Ronaldo Correia de Brito; e em Arcoverde, Raimundo Carrero.

Haverá também apresentações de poesia regional, cantoria de viola e encontro de grupos de samba-de-coco, além de exibição de filmes e intervenções teatrais. Todos os eventos têm entrada gratuita e as inscrições para as oficinas já estão abertas.

A programação da Jornada Literária Portal do Sertão está assim distribuída:

Buíque e Distritos de Carneiro e São Domingos – 10, 11 e 12 de outubro
Tupanatinga – 13 e 14 de outubro
Sertânia e Distrito Cruzeiro do Nordeste – 15 e 16 de outubro
Pesqueira e Distrito Mimoso – 17 e 18 de outubro
Arcoverde e Distrito Caraíbas – 19, 20 e 21 de outubro

Mais informações no SESC Arcoverde – (87) 3821-0864 com Juliana Zupardo.

fonte: SESC e Portal Interpoética

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

NOITE DE POESIA E MÚSICA COM HELTON MOURA

Helton na linha com Ícaro Tenório

Na noite de ontem (03/10), prestigiamos na Livraria Cultural (Recife) a homenagem ao poeta e músico Helton Moura no Projeto Nós Pós MOSTRAPE. O artista arcoverdense cantou canções do álbum lançado em 2011, como as fortes “Pós-ficcional” e “Frieza”, mas também apresentou novos hits, que receberam excelente acolhida do público, que, inclusive, manteve constante interação com Helton.

Muitas tiradas rolaram durante o acontecimento poético-musical, onde a cena mais inusitada foi a participação pelo celular do Poeta Ícaro Tenório, que, de Arcoverde, mandou o seu recado para a galera, que reagiu com gritos e aplausos.

Helton Moura se fez acompanhar de Vertin Moura (guitarra e voz), Gustavo Alves (bateria) e Jonatas (sintetizadores). No momento exclusivamente poético, Helton recitou belo poema (não lembro o título) de sua autoria, o qual foi premiado no Festival de Poesia do Recife.

Certamente todos aos que compareceram a 16.ª edição do MOSTRAPE saíram muito instigados com a performance do "trovador punk", que, nem mesmo quando teve quebrada uma corda do violão, perdeu a pegada.

Para conhecer mais sobre o artista: http://www.myspace.com/heltonmoura

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

FESTIVAL DE VÍDEO DE PERNAMBUCO ABRE INSCRIÇÕES


A Secretaria de Cultura/Fundarpe e a Fundação de Cultura da Cidade do Recife lançam convocatória para 14.º Festcine - Festival de Vídeo de Pernambuco.

O período de inscrição é de 16 a 25 de outubro. Podem concorrer os filmes independentes de curta metragem pernambucanos, finalizados entre 2010 e 2012, em digital e em 35mm, de até 20 minutos. As produções independentes devem ter sido realizadas por produtores e/ou diretores pernambucanos, filmadas aqui ou fora do estado, ou ainda por empresas brasileiras de produção independente, desde que sediadas em Pernambuco. Os inscritos deverão concorrer em duas categorias de Mostra Competitiva: a Geral, com documentários, videoclipes, ficções, experimental e animação; e a de Formação, que terá documentários e ficções, realizados por alunos de instituições de ensino como universidades, faculdades, colégios e também de cursos técnicos.

Mais informações acessem o link: 14 FESTCINE

fonte: FUNDARPE



segunda-feira, 1 de outubro de 2012

FESTIVAL DE CULTURA NA GALERIA ART ARCOVERDE

HELTON MOURA É HOMENAGEADO NO PROJETO "NÓS PÓS MOSTRAPE"




O projeto Nós Pós MOSTRAPE realiza sua 16ª edição nesta quarta, 27/9, na Livraria Cultura. O homenageado desta edição é o músico e poeta arcoverdense Helton Moura. 

O evento começa pontualmente às 19h, e tem entrada gratuita.

Helton representa duas gerações da música brasileira: o trovadorismo setentista e um irreverente, barulhento e crítico punk. Na obra dele, esta tensão não se expressa através de fusões fáceis de música regional e rock´n roll. Driblando esta matemática simples (regional + rock = identidade), Helton opta por um caminho mais sutil. 

Na sua releitura da música popular nordestina mostra vocais expressivos e impacientes. Numa frase vocal, ou até num grito, se pode ouvir a ambivalência de alguém que valoriza as tradições étnicas e regionais, e ao mesmo tempo sente o peso delas, forjando uma obra nova e relevante. Como poeta, Helton participa de eventos e festivais literários pelo estado desde 2010. Em 2011 ficou em 4º colocado na RECITATA – concurso de poesia oral dentro do Festival Recifense de Literatura. Este ano ficou em segundo. É uma grande revelação em meio aos jovens e talentosos escritores do estado.

Neste evento teremos um passeio pela poesia musicada de Helton; um Happening Poético-Musical. Com Helton (violão, guitarra e voz),  Vertin Moura (bandolim, guitarra e voz) e Gustavo Alves (set percussivo). Durante o evento alguns artistas-surpresa serão convidados para uma Jam Session com o trio Helton-Vertin-Gustavo.

O evento acontece nesta quinta, às 19h na Livraria Cultura (Rua Madre de Deus, S/N – Paço Alfândega) e tem entrada gratuita.

O projeto Nós Pós MOSTRAPE é uma realização da produtora Nós Pós, com incentivo do FUNCULTURA e tem apoio da UBE/PE, Livraria Cultura e SESC/PE. Sua programação segue até novembro totalizando 20 eventos e mais de 120 artistas convidados. 


Mais informações em mostrape.nospos.org .

SERVIÇO:
Projeto Nós Pós MOSTRAPE
MOSTRAPE 16 – HELTON MOURA
Dia 03/10 – 19h
Livraria Cultura (Rua Madre de Deus, S/N – Paço Alfândega
Entrada gratuita 

EXPOSIÇÃO DE MANEZINHO ARAÚJO CHEGA A ARCOVERDE


O SESC Arcoverde estará homenageando o artista Manezinho Araújo. Amanhã, dia 02 de outubro, haverá um COQUETEL DE ABERTURA DA EXPOSIÇÃO MANEZINHO ARAÚJO, com obras do artista feitas em serigrafia. O coquetel de abertura será às 20h no SESC Arcoverde. A exposição terá duração de 3 meses, com horários de visita de segunda a sexta das 08h às 22h.

Cantor e compositor, Manuel Pereira de Araújo, o Manezinho Araújo, nasceu no município do Cabo, a 27-09-1910. Tornou-se embolador no Recife, bairro de Casa Amarela, ouvindo Severino de Figueiredo Carneiro (conhecido como Mestre Minona) que foi o primeiro brasileiro a gravar uma embolada. Durante a Revolução de 1930, era sargento e viajou, com um contingente do Exército, para combater os revoltosos no Rio de Janeiro.

Pouco antes do navio chegar ao Rio, a revolução foi controlada e os militares tiveram que retornar ao Recife. No mesmo navio, viajavam vários artistas famosos (entre os quais Almirante e Carmem Miranda) que resolveram fazer um show a bordo, para matar o tempo.

Alguém, então, lembrou de um sargento "que fazia emboladas como ninguém"; Manezinho interpretou algumas de suas canções e, sob os aplausos de todos, recebeu o seguinte conselho de Carmem Miranda: "Volte ao Rio de Janeiro, cante assim vestido de soldado, que você vai fazer o maior sucesso".

Em 1933, com dois mil réis no bolso, Manezinho deixou o Recife seguiu para o Rio, onde logo participou de programas na Rádio Mayrink Veiga e, depois, gravaria o seu primeiro disco, com duas emboladas de sua autoria: "Minha Prantaforma" e "Se eu Fosse Interventô".

Já fazendo sucesso no rádio e em shows, gravou o segundo disco em 1933, um 78 rotações, com duas emboladas: "Cuidado com o Coco" e "Festa no Arraiá". De 1933 a meados da década de 1950, chegou a gravar 46 discos, com 92 músicas, quase todas de sua autoria.

Apesar do sucesso, ganhou pouco dinheiro com a música e decidiu abandonar a carreira. Em julho de 1956, realizou um show de despedida, no Tijuca Tênis Clube que ficou lotado por 15 mil pessoas.

Com o dinheiro arrecadado no último show, realizou um desejo antigo: montou, no Rio de Janeiro, um restaurante especializado em comida baiana.

Além da música, atuou, também, no cinema, participando de filmes como "Maria Bonita" (1936) e "Laranja da China" (1940). Foi, ainda, pintor e o primeiro artista a gravar um jingle no Brasil, para o sabonete Lifeboy.

Morreu em São Paulo, a 23-05-1993.  

FONTES: SESC Arcoverde e http://www.pe-az.com.br