sábado, 15 de setembro de 2012

UM NOVO ARTESANATO SURGE EM ARCOVERDE


 Palmira Brito fala da exposição Brotando do Meu Chão

Em um café da manhã, realizado na última quinta-feira (13/09), o Grupo Porteira dos Bredos realizou exposição artística para lançar a coleção “Brotando do Meu Chão”. Fundado em 2001, o Grupo, que congrega artistas que tem como espaço permanente de trabalho a Casa do Artesão, inicialmente atuava com produção individualizada e sem uma identidade própria, passa agora a dar ênfase à criação coletiva, buscando em motivos da cultura local a inspiração para produzir um artesanato voltado às genuínas manifestações artísticas do Sertão do Moxotó, em especial da cidade de Arcoverde.

A mudança, começou a ser gestada a partir de uma oficina de design, que incorporou também pesquisa iconográfica para definir as imagens da cultura a serem trabalhados na produção de peças de tecido de algodão, com utilização da serigrafia e do bordado.

A apresentação do projeto foi feita pelas artistas Maria, Da Paz, Palmira Brito e Marta Quirino, que enfatizaram a importância da parceria do Grupo com a Associação Comercial de Arcoverde e o SEBRAE para esse mudança de paradigma na produção do artesanato arcoverdense.

Um ponto de destaque foi o lançamento de dois folhetos de cordel: "Artesãos da Porteira dos Bredos" e "Quem Ama a Arte Respira Cultura" das artesãs Marta Quirino e Maria da Paz Oliveira, que emocionaram os presentes ao declamarem belos versos, demonstrando que o Grupo Porteira dos Bredos também passeia por outras linguagens culturais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário