teste

sábado, 15 de setembro de 2012

UM NOVO ARTESANATO SURGE EM ARCOVERDE


 Palmira Brito fala da exposição Brotando do Meu Chão

Em um café da manhã, realizado na última quinta-feira (13/09), o Grupo Porteira dos Bredos realizou exposição artística para lançar a coleção “Brotando do Meu Chão”. Fundado em 2001, o Grupo, que congrega artistas que tem como espaço permanente de trabalho a Casa do Artesão, inicialmente atuava com produção individualizada e sem uma identidade própria, passa agora a dar ênfase à criação coletiva, buscando em motivos da cultura local a inspiração para produzir um artesanato voltado às genuínas manifestações artísticas do Sertão do Moxotó, em especial da cidade de Arcoverde.

A mudança, começou a ser gestada a partir de uma oficina de design, que incorporou também pesquisa iconográfica para definir as imagens da cultura a serem trabalhados na produção de peças de tecido de algodão, com utilização da serigrafia e do bordado.

A apresentação do projeto foi feita pelas artistas Maria, Da Paz, Palmira Brito e Marta Quirino, que enfatizaram a importância da parceria do Grupo com a Associação Comercial de Arcoverde e o SEBRAE para esse mudança de paradigma na produção do artesanato arcoverdense.

Um ponto de destaque foi o lançamento de dois folhetos de cordel: "Artesãos da Porteira dos Bredos" e "Quem Ama a Arte Respira Cultura" das artesãs Marta Quirino e Maria da Paz Oliveira, que emocionaram os presentes ao declamarem belos versos, demonstrando que o Grupo Porteira dos Bredos também passeia por outras linguagens culturais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário