quarta-feira, 21 de março de 2012

DEFINIDA A REALIZAÇÃO DO FESTIVAL PERNAMBUCO NAÇÃO CULTURAL NO MOXOTÓ


Representantes da Secretaria Estadual de Cultura e Fundarpe se reuniram, ontem (20), às 20 horas, na sede do Ponto de Cultura Orquestra Sertão, com o movimento cultural de Arcoverde.

Capitaneado pelo diretor executivo da secretaria de cultura, Vinícius Carvalho, a equipe discutiu os viés do Festival Pernambuco  Nação Culltural, que era para ter acontecido no último mês de novembro, mas por falta de recursos volta com força total para ocorrer  entre os dias 09 e 15 de abril.

Os sete municípios, que integram a Região de Desenvolvimento do Sertão do Moxotó (Arcoverde, Sertânia, Custódia, Betânia, Ibimirim, Manari e Inajá) serão o palco do evento, tendo Arcoverde como cidade sede.

Há urgência para o recebimento das propostas, já que faltam apenas cerca de 20 dias para o evento. “Pedimos desculpas pela correria, mas o festival do moxotó será o segundo do circuito dos festivais. Na Mata Norte, em Goainia começa dia 26 e segue até o dia 1° de Abril.”. esclarece o coordenador de festivais, Leonardo Antunes.
 
De acordo com a Fundarpe, a idéia é realizar um evento mais abrangente, com a divulgação das ações das comunidades. “Na região de Betania, já havíamos mapeado 30 comunidades quilombolas e indígenas, foco também de trabalhos. A intenção é incluir o máximo de tradições”, explicou Carvalho.

Festival - O evento se dará simultaneamente nas sete cidades, de acordo com a demanda de cada local na utilização de diversas linguagens como, teatro, moda, design, literatura.

Com um investimento de 700 mil reais, o Governo do Estado investirá desde a estrutura até o pagamento dos artistas. As Prefeituras entrarão com uma contrapartida mínima de serviços gerais como limpezas, entre outros.

Na ocasião, estiveram presentes representantes de Pontos de Cultura, Sesc, artistas independentes, produtores, imprensa  e  Secteraria Municipal de Educação e Cultura. “A idéia é construir juntos de vocês para vocês”, comenta Vinícius Carvalho, que propõe, que a estrutura, em Arcoverde, pode contar com um palco principal ao lado da sede da Orquestra Filarmônica, com ações na Praça Wiston Siqueira, na da Bandeira, assim como, no Sesc e nos pontos de culturas, que já  disponibilizaram espaço para possíveis oficinas, cine clube, além de  de ações nas Caraíbas, de onde vem  o Reisado. Outros lugares com inserções serão as  feiras do Cecora e do São Cristóvão.
 
“Arcoverde é uma cidade diferenciada, pelo São João que faz, pelo Carnaval de tradição, que começa a ganhar destaque e com a chegada do festival, queremos fortalecer, ainda mais, essa dinâmica, dessa cidade com as concretizações de eventos culturais”, acredita Cravalho.

Entre as propostas, saíram o fortalecimento da literatura, com violeiros, aboiadores e poetas no bar Bodega da Poesia, local já tradicional por apresentar esse tipo de atividades. Assim acontecerá  também com o movimento do Samba de Coco, do Rock, do Artesanato com shows, apresentações, workshop e etc.
 
Quem quiser participar, deve encaminhar as propostas para o e-mail adielpoeta@gmail.com até a próxima sexta-feira (23), mais informações pelos telefones: 81 88585064, 97053724 ou 87 91397727.
A previsão é que a programação saia até 15 dias antes do evento.
 
Para reforçar o compromisso com as sete cidades do Moxotó, aconteceu hoje (21), na Agencia do Trabalho, às 9h,  encontro com os gestores para discutir as demandas dos locais e fechar uma articulação entre eles.
 
fonte: http://www.arcoverde.pe.gov.br/webnoticias_ler.php?id=1773

Nenhum comentário:

Postar um comentário