teste

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

COCAR FAZ BALANÇO DAS AÇÕES EM 2011


Resgate do Carnaval de Rua - ação prioritária do COCAR

O ano que se finda pode ser considerado para os integrantes do Coletivo Cultural de Arcoverde o marco de reconhecimento da entidade como uma das importantes instituições de valorização da cultura de Arcoverde e Região. Percebe-se, com bastante nitidez, que a comunidade local, principalmente pelas ações empreendidas em 2011, identifica hoje no Coletivo um legítimo promotor de ações em benefício das atividades culturais em nossa cidade.

Iniciamos o ano realizando, em parceria com a Liga de Bois, o III Encontro de Bois de Arcoverde, evento carnavalesco que, malgrado as fortes chuvas que caíram em Arcoverde naquela tarde de 19 de fevereiro, conseguiu colocar nas ruas mais de trinta agremiações carnavalescas, numa clara demonstração de que o carnaval de rua de Arcoverde ainda tem muito fôlego prá gastar. Em 2012, o Encontro de Bois acontecerá no dia 04 de fevereiro.

Durante o carnaval integrantes do COCAR fundaram a “Troça do Maxixe”, que, se não arrastou um grande número de foliões, serviu para alertar as pessoas que saem da cidade durante o período momesco, que é possível, com vontade daqueles que gostam do carnaval de rua e com apoio do Poder Público, retomar essa que já foi uma das melhores festas populares de Arcoverde.

No dia 12 de março, o COCAR realizou em parceria com a Budega da Poesia o Primeiro Pé de Parede, que se constituiu num maravilhoso recital poético musical, com participação de artistas locais, de Sertânia e da Capital do Estado, que comemoraram o Dia Nacional da Poesia em grande estilo.

Dando a sua colaboração para o nosso grandioso São João, o COCAR realizou a I Caminhada do Forró de Arcoverde, evento inédito, que arrastou pelas ruas da cidade centenas de empolgados forrozeiros, puxados por trios de forró, fazendo um percurso de grande empolgação e alegria. Em 2012, a Caminhada do Forró ocorrerá no dia 23 de junho, tendo-se a pretensão de ampliar o número de sanfoneiros e de público.

No mês de agosto, em Parceria com o SESC, foi realizado o I Encontro de Sanfoneiros de Arcoverde, um grande sucesso entre os músicos e o público. Nesse evento foram realizadas palestras, oficinas e apresentações musicais, que encantaram a todos. O COCAR pretende reeditar mais esse belo espetáculo no próximo ano.

Pode-se dizer que um marco na história cultural de Arcoverde foi o Projeto Sextas-Feiras Culturais, parceria do COCAR com a Câmara de Vereadores que, em oito Sessões Solenes, realizadas de maio a dezembro, pode trazer ao relevo as pessoas que construíram e constroem a cultura de nossa terra. De fato, com essa ação, o COCAR pode dar um verdadeiro mergulho na riqueza da cultura de Arcoverde, destacando os seus artistas, muitos dos quais há anos não eram lembrados em homenagens desse porte.

No campo da produção de obras artísticas foi lançada a edição póstuma do livro História do Cinema Bandeirante, de autoria do saudoso Rocky Lane. O CD Dois no Frevo, parceria dos compositores Josias Lima e Kleber Araújo foi apresentado no Carnaval de 2011. Lançou-se durante a homenagem do Sextas Culturais aos cantores e cantoras o documentário O Canto e o Encanto de Sebastião Caranguejo, o qual retrata a trajetória daquele que é considerado o maior cantor dessa cidade. Em breve o COCAR estará apresentando outro trabalho de Josias Lima, intitulado Vivendo e Achando Bom, cuja data de lançamento está prevista para 27/01/2011.

Outra ação importantíssima realizada pelo Coletivo foi encampar grande mobilização das cidades do Moxotó, principalmente em Arcoverde, para a realização do Festival Pernambuco Nação Cultural, que chegou a ser anunciado pelo Governo do Estado, o qual depois cancelou o evento. Todavia, todo o processo serviu para alertar a população envolvida para a necessidade de mobilização quando se deseja conseguir investimentos compatíveis com a riqueza da nossa cultura.

A implementação do Sistema Municipal de Cultura em Arcoverde tem sido uma luta prioritária do COCAR que tem buscado mobilizar a classe artística e trazê-la para discutir juntamente com integrantes dos Poderes Executivo e Legislativo esse tema imprescindível para a formatação de políticas públicas perenes em nosso Município. As discussões têm avançado e há uma predisposição do Poder Executivo de encaminhar, já no início do ano legislativo de 2012, o projeto de lei de criação do Sistema de Cultura para a Câmara Municipal.

Além das ações mencionadas, o COCAR tem apoiado diversas entidades e pessoas físicas que se dispõem a atuar na valorização da história e da cultura de Arcoverde, posto que esses são os nossos principais objetivos. Nesse contexto, apoiamos, dentre outros, o lançamento do Ponto de Cultura do Coco Raízes de Arcoverde, a realização de Encontro de Poetas Repentistas, a Carroçada Natalina, o evento de encerramento do Projeto Criança Esperança na Fundação Terra, a formalização da Liga de Bois de Arcoverde e a Festival Arcoverde Cultura e Arte, promovida pela Associação Comercial de Arcoverde.

Assim, chegamos ao final de 2011 com a sensação que fizemos pela cultura de Arcoverde o melhor que podíamos, mesmo diante das nossas limitações orçamentárias e de recursos humanos. Esperamos que o ano vindouro traga mais pessoas e entidades para essa causa, que nada mais é que o reconhecimento da importância de um dos maiores patrimônios de que dispomos: A NOSSA CULTURA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário